Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Parte do estacionamento do Fórum foi interditada pela Defesa Civil
Christiano Cesário Pereira.

Segunda, 19/2/2018 16:57.

A defesa civil de Balneário Camboriu interditou na tarde desta segunda-feira (19) parte do estacionamento do Fórum Desembargador Adão Bernardes, devido ao risco de queda de trechos do muro que circunda o imóvel.

O muro foi afetado pelo tempo e, na parte dos fundos, pela construção de uma nova avenida pela prefeitura.

Devido à interdição ter ocorrido hoje a secretaria do Fórum ainda não tinha informações sobre os desdobramentos para solucionar o problema, mas adiantou que o Tribunal de Justiça será comunicado e tomará providências.

O risco de queda do muro embarga vagas necessárias num estacionamento quase sempre lotado.

Recentemente foi construído um novo estacionamento, exclusivo para advogados, com cerca de 30 vagas o que facilita o trabalho dos operadores do Direito.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

20 são em uma lojas de fast food Burguer King  


Justiça

Acusado diz que falará primeiro com seu advogado antes de se manifestar. Ele foi penalizado com advertência.


Cidade

Esta é uma das últimas etapas para obtenção da Bandeira Azul


Cidade

Lei municipal que favorecia os consumidores foi derrubada pelo Supremo 


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Parte do estacionamento do Fórum foi interditada pela Defesa Civil

Christiano Cesário Pereira.

A defesa civil de Balneário Camboriu interditou na tarde desta segunda-feira (19) parte do estacionamento do Fórum Desembargador Adão Bernardes, devido ao risco de queda de trechos do muro que circunda o imóvel.

O muro foi afetado pelo tempo e, na parte dos fundos, pela construção de uma nova avenida pela prefeitura.

Devido à interdição ter ocorrido hoje a secretaria do Fórum ainda não tinha informações sobre os desdobramentos para solucionar o problema, mas adiantou que o Tribunal de Justiça será comunicado e tomará providências.

O risco de queda do muro embarga vagas necessárias num estacionamento quase sempre lotado.

Recentemente foi construído um novo estacionamento, exclusivo para advogados, com cerca de 30 vagas o que facilita o trabalho dos operadores do Direito.
 

Publicidade

Publicidade