Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Cidade conquista ensino técnico de turismo e lazer já em 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivo JP3.

Quarta, 3/1/2018 12:08.

O colegiado pleno do Conselho Estadual de Educação aprovou, em sua última reunião ordinária de 2017, o relatório favorável do conselheiro Felipe Felisbino para criação do curso técnico de Turismo e Lazer na Escola Estadual Higino Pio, que inicia as atividades em fevereiro, no Bairro das Nações.

A criação do curso atende demanda apresentada pelo deputado Leonel Pavan, que iniciou as tratativas com a secretaria Estadual de Educação em 2015. Em 2017, com sua posse como secretário de Turismo do Estado, o pleito ganhou mais força junto ao governo.

Mas para que o curso começasse a funcionar junto com a nova Escola, era necessário que o processo fosse aprovado ainda em 2017.

Ao reassumir o mandato de deputado estadual para apresentação de emendas ao orçamento, no início de dezembro, Pavan aproveitou para reforçar a urgência da análise do pedido junto ao secretário de Educação Eduardo Deschamps e ao Conselho Estadual de Educação.

"O curso será de alto nível, integrando as disciplinas técnicas do turismo as grandes áreas do conhecimento do Ensino Médio, não sendo apenas uma simples junção de disciplinas. O currículo assegura a formação geral do jovem e as condições de preparação para o exercício de profissões técnicas junto ao setor turístico, de grande importância para a Cidade", defende Leonel Pavan.

O secretário faz questão de agradecer o trabalho da servidora Cleonice Berejuk, gerente regional de educação que reside em Balneário Camboriú, pelo empenho e profissionalismo no encaminhamento da matéria.

"Sem a dedicação pessoal da nossa gerente regional de educação, teríamos dificuldade em comemorar esta vitória. Por isso aproveito para parabenizá-la em nome de todos os servidores efetivos do estado, que fazem a diferença em suas funções públicas", segue Pavan.

Como será

O curso técnico será integrado ao ensino médio, sendo ofertado na modalidade semi-integral, com três dias de aulas no contraturno escolar, com duração de três anos.

Este será o primeiro curso técnico permanente ofertado por uma Escola Estadual em Balneário Camboriú. Não está descartada a possibilidade de no futuro serem abertos novos cursos na mesma escola, pela qualidade de sua estrutura física.

Informações sobre as vagas disponibilizadas e período de matrículas do novo curso serão disponibilizadas em breve pela gerência regional de educação da ADR de Itajaí.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade