Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Com obras no entorno, Rússia abre 7º estádio para a Copa do Mundo

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Divulgação.

Quinta, 12/4/2018 5:28.

FÁBIO ALEIXO
KALININGRADO, RÚSSIA (FOLHAPRESS) - A Rússia inaugurou nesta quarta-feira (11) o seu sétimo estádio para a Copa do Mundo: o Estádio de Kaliningrado.

A partida de abertura foi válida pela segunda divisão do campeonato russo e terminou com vitória de 1 a 0 do Baltika, equipe local, sobre o Krilia Sovetov.

No Mundial, o local comportará 35 mil torcedores. Mas por se tratar do primeiro jogo-teste cerca de 15 mil ingressos foram colocados à venda para o duelo desta quarta e todos se esgotaram. Nem todos os setores foram abertos.

Dentro da arena tudo correu sem problemas. O telão, o sistema de som e o gramado estavam em perfeitas condições, assim como vestiários e banco de reservas.

Voluntários que trabalharão na Copa estiveram em ação.

Entretanto, a limpeza deixou a desejar. Havia muita poeira nas escadas e em diversos assentos. A organização reconheceu a falha e prometeu melhorias.

O controle de acesso ao estádio seguiu rígidas regras de segurança, iguais às adotadas na Copa das Confederações de 2017 e que serão colocadas em prática na Copa do Mundo.

Além de passar por detectores de metais, torcedores e jornalistas foram submetidos a uma longa revista manual por policiais. Celulares e outros aparelhos eletrônicos como tablets e laptops tiveram de ser ligados para mostrar que não escondiam nenhum tipo de explosivo.

Dentro, a segurança foi toda feita por stewards, como será na Copa.

No entorno da arena o que se vê é um verdadeiro canteiro de obras. Tratores trabalhando e montes de terra e areia dominam a paisagem. Diversas vias de passagem estão fechadas.

O estacionamento que será usado por autoridades e convidados durante o Mundial também ainda não está pronto.

Em conversa com a imprensa, o governador de Kaliningrado, Anton Alikhanov, reconheceu que há muito trabalho a ser feito até que Croácia e Nigéria se enfrentem no local no dia 16 de junho. Será o primeiro dos quatro jogos da Copa na arena.

"Como vocês (jornalistas) puderam ver ainda há muita terra e trabalho para ser feito. Temos de finalizar o entorno, plantar grama, deixar mais verde e bonito. Mas já mobilizamos um grande número de pessoas para que tudo esteja pronto e possamos cumprir com nossa obrigação", afirmou.

"Mas quem viu esta região como era e como está agora, sabe que um grande trabalho foi feito", disse Alikhanov.

Localizado em uma ilha, o estádio que começou a ser erguido em 2015 ficava sob uma espécie de pântano e todo o terreno precisou ser drenado.

Alikhanov reconheceu que nem tudo está da forma como queria para o primeiro jogo, mas que a experiência desta quarta-feira será importante.

"Os jogos-testes servem exatamente para isso. Para vermos o que funciona e o que não e o que precisa ser melhorado. Temos de evoluir ainda na parte de transporte e acesso dos torcedores", completou.

A partida desta quarta teve um brasileiro em campo. O zagueiro brasileiro Nadson, do Krilia.

"É um estádio maravilhoso. A Rússia está de parabéns. A atmosfera estava incrível. Só foi uma pena que perdemos", disse à Folha.
Reserva do Baltika, o também brasileiro Iago Sampaio gostou do que viu.

"É excelente. Treinamos aqui antes do jogo e fiquei impressionado", afirmou.

Até a Copa, o Estádio de Kaliningrado receberá mais dois jogos-testes. O próximo será no dia 21 de abril, entre Baltika e Khimki. O último em 12 de maio, entre o Baltika e o Tiumen.

Até o momento, além do de Kaliningrado, os outros estádios do Mundial que foram inaugurados são os de Moscou (Lujniki e Spartak), São Petersburgo, Sochi, Kazan e Iekaterinburgo.

Ainda faltam ser inaugurados os de Nijni Novgorod, Rostov-do-Don, Samara, Saransk e Volgogrado.

EXCLAVE RUSSO

Kaliningrado é a única das 11 cidades-sede da Copa que não está localizada dentro da Rússia.

Ela fica em um exclave de mesmo nome que faz fronteira com a Polônia e a Lituânia e está localizada a cerca de 1.200 km de Moscou.

A única maneira de se viajar para qualquer outra cidade russa sem passar por controle de passaporte é de avião, em um voo que dura cerca de 1h40.

A região é famosa pela produção e comércio de âmbar, com lojas a cada esquina. Também se destaca pela atividade militar, sendo base da Frota Russa do Báltico, relativo ao mar de mesmo nome.

Até 1945, o território pertencia à Alemanha e tinha o nome de Königsberg (Montanha do Rei, em português).

O seu filho mais famoso é o filósofo alemão Immanuel Kant, que também morreu no município.

Na Copa, além de Croácia x Nigéria, Kaliningrado receberá mais três jogos da primeira fase: Sérvia x Suíça, Espanha x Marrocos e Inglaterra x Bélgica. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

Primeiro prefeito eleito de Balneário Camboriú foi morto em quartel da ditadura 


Política

Alargamento da praia e centro de eventos estão na pauta 


Cidade

Prefeito manda construir viaduto em cruzamento com túnel da rua 3100


Cidade

Quase metade deles ligados à violência financeira  


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade