Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Vasco supera golaço de Otero e vira sobre o Atlético-MG nos acréscimos

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Domingo, 15/4/2018 18:49.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco estreava com derrota para o Atlético-MG até os 40min do segundo tempo. Wagner marcou o gol de empate e recolocou a equipe no jogo. Dez minutos depois, a virada. Rildo sofreu pênalti e Pikachu decretou a virada por 2 a 1, em São Januário, na estreia do Brasileiro. O primeiro gol da partida foi de causar inveja. Otero arriscou chute improvável de muito longe e viu a bola fazer uma curva e morrer no ângulo direito de Martin Sílva.

O Vasco volta a campo no próximo domingo, quando visitará a Chapecoense, em Santa Catarina. Os minieros, por outro lado, recebem o Vitória, no Independência.

Jogando em casa, o Vasco partiu para cima do adversário. Com marcação alta, o cruzmaltino não dava folga na saída de bola do Atlético-MG, que vacilou e quase viu o zero sair do placar. Desábato roubou a bola, que sobrou para Wellington. O volante chutou de primeira e exigiu boa defesa de Victor.

No lance seguinte, o momento de maior pressão do Vasco. Em boa jogada de Henrique pela esquerda, o lateral rolou para trás e Evander chutou em cima da zaga. No rebote, ela sobrou para Pikachu, que chutou firme na trave direita de Victor que ainda tentou pegar a bola e viu Bremer chutar para longe.

Mas o Atlético-MG abriu o marcador logo depois. O venezuelano Otero arriscou chute improvável de muito longe. A bola pegou curva incrível e dificultou o trabalho de Martín Silva, que ainda tentou fazer a defesa, mas se transformou o mais novo personagem da obra de arte do rival.

Após sofrer o gol, o Vasco sentiu o golpe. Se antes mandava na partida e estava próximo de abrir o placar, a história mudou completamente.

O time não conseguia mais chegar ao ataque. Umas das chances mais concretas ocorreu com Riascos, que ganhou de cabeça da zaga e exigiu nova defesa de Victor.

Quase no fim do segundo tempo, aos 40min, o jogo já parecia decidido. Mas o Vasco foi valente e arrancou o empate nos minutos finais. Wagner aproveitou rebote na entrada da área, dominou e chutou forte no canto esquerdo de Victor, que nada pôde fazer.

Um lance muito forte assustou em São Januário 45min do segundo tempo. Em bola dividida, Thiago Galhardo e Fabio Santos se chocaram de cabeça. Os dois sofreram corte na cabeça e tiveram que ser atendidos pelos médicos. O vascaíno chegou a desmaiar em campo.

Mas o time da casa não desistiu do jogo. Aos 50min, Rildo invadiu a área e foi derrubado por Bremer. Pikachu foi para cobrança e decretou a vitória.

VASCO
Martín Silva; Rafael Galhardo (Rildo), Paulão, Werley e Henrique; Wellington (Thiago Galhardo), Desábato, Yago Pikachu, Evander e Wagner; Riascos (Rios). T.: Zé Ricardo

ATLÉTICO-MG
Victor; Patric, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Blanco, Elias, Otero (Erik) e Cazares (Roger Guedes); Luan e Ricardo Oliveira. T.: Thiago Larghi

Gols: Otero (A), aos 12min do 1º tempo; e Wagner (V), aos 40min, e Pikachu (V), aos 50min do 2º
Amarelos: Henrique (V) e Bremer (A)

Estádio: São Januário, no Rio
Juiz: Andre Luiz de Freitas Castro (GO). 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade