Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Atlético-PR goleia a Chapecoense em Curitiba

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Segunda, 16/4/2018 5:43.

(UOL/FOLHAPRESS) - O Atlético-PR estreou com uma goleada no Campeonato Brasileiro após vencer a Chapecoense por 5 a 1, de virada, na Arena da Baixada. O clube paranaense dominou durante toda a partida e foi preciso no segundo tempo para assegurar os três pontos.

Se a primeira etapa teve muitas chances criadas, mas nenhum gol, no segundo período foram seis gols marcados. Depois de um primeiro tempo de domínio total, o Atlético saiu atrás logo no início da segunda etapa. Porém, o time da casa logo reagiu e goleou a Chapecoense em um ótimo segundo tempo, com gols de Pablo, Nikão, Thiago Carleto, Matheus Rossetto e Éderson, Wellington Paulista anotou o tento dos visitantes.

Na próxima rodada, o Atlético-PR vai a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, já a Chapecoense recebe o Vasco em Chapecó.

ATLÉTICO-PR
Santos; Jonathan, Thiago Carleto, Bruno Guimarães, Pavez e Zé Ivaldo; Camacho (Deivid), Matheus Rossetto e Nikão (Raphael Veiga); Pablo e Ribamar (Ederson). T.: Fernando Diniz

CHAPECOENSE
Jandrei. Apodi (Eduardo), Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo (Guilherme) e Cantero; Vinicius (Nadson), Wellington Paulista e Arhtur. T.: Gilson Kleina

Gols: Wellington Paulista (C), aos 2min, Pablo (C), aos 6min, Nikão (A), aos 13min, Thiago Carleto (A), aos 22min, Matheus Rossetto (A), aos 42min, e Éderson (A), aos 47min do 2º tempo
Amarelos: Zé Ivaldo (A) e Rafael Thyere e Wellington Paulista (C)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba
Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

Primeiro prefeito eleito de Balneário Camboriú foi morto em quartel da ditadura 


Política

Alargamento da praia e centro de eventos estão na pauta 


Cidade

Prefeito manda construir viaduto em cruzamento com túnel da rua 3100


Cidade

Quase metade deles ligados à violência financeira  


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade