Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

'Se continuar assim vai ser muito difícil ganhar', diz Hamilton sobre título

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

F1.com

Segunda, 16/4/2018 10:09.

(UOL/FOLHAPRESS) - Lewis Hamilton já dá sinais de insatisfação com sua Mercedes. No domingo (15), o piloto terminou na quarta colocação, classificando seu fim de semana na China como "desastroso". Mas a preocupação do tetracampeão mundial vai além da prova em Xangai. Hamilton considera que o título deste ano pode ficar distante se mantiver esse desempenho.

Em três provas disputadas no ano, Hamilton não venceu nenhuma. O líder do campeonato, Sebastian Vettel, tem 54 pontos, nove a mais que o inglês da Mercedes, 2º colocado no Mundial de Pilotos.

"E se continuar assim vai ser muito difícil ganhar [o título]", destacou Hamilton, para a "Sky Sports".

"É uma temporada ainda mais difícil do que no ano passado".

Vettel soma 2 vitórias no ano. No fim de semana, quem venceu foi Daniel Riccardo, da Red Bull.

Hamilton diz que a Mercedes é atualmente a "segunda ou terceira força" na temporada, colocando Ferrari e Red Bull como principais concorrentes.

Nos treinos livres em Xangai, Hamilton já alertava para o avanço da Ferrari no desenvolvimento do carro para a temporada. Já na corrida, o piloto britânico lamentou sua performance.

"Ontem [sábado] e hoje [domingo] foram um desastre para mim. Então, tenho que tentar corrigir isso e voltar à minha performance normal. Caso contrário, mais pontos valiosos serão perdidos", advertiu Lewis Hamilton, em entrevista concedida à Sky Sports.

O britânico terá duas semanas para estudar os problemas da Mercedes. A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 vai ocorrer somente no dia 29 de abril, em Baku, no Azerbaijão. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

Primeiro prefeito eleito de Balneário Camboriú foi morto em quartel da ditadura 


Política

Alargamento da praia e centro de eventos estão na pauta 


Cidade

Prefeito manda construir viaduto em cruzamento com túnel da rua 3100


Cidade

Quase metade deles ligados à violência financeira  


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade