Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Serena Williams embala em Wimbledon, e só uma zebra pode tirá-la da final

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivo Página 3.

Segunda, 9/7/2018 14:36.

DANIEL E. DE CASTRO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Sete vezes campeã de Wimbledon, Serena Williams, 36, está a duas vitórias de voltar à final do Grand Slam britânico -e será uma surpresa se isso não acontecer.

Após derrotar a russa Evgeniya Rodina nesta segunda (9), por duplo 6/2, ela marcou duelo contra a italiana Camila Giorgi nas quartas de final, já nesta terça-feira (10), por volta das 10h30 (com transmissão do SporTV 3).

Aos 26 anos, Giorgi avançou pela primeira vez na carreira às quartas de final de um Slam. Atualmente, ela é a número 52 do ranking da WTA.
Já sua possível adversária nas semifinais virá do confronto entre a alemã Julia Goerges, 29 e a holandesa Kiki Bertens, 30. Respectivamente cabeças de chave 13 e 30, Goerges e Bertens também estão nas quartas de um dos quatro principais torneios pela primeira vez.

Serena, dona de 23 títulos de Slam, retornou em março ao circuito após passar mais de um ano afastada em razão do nascimento da sua filha, em setembro de 2017. Desde então, ganhou 9 dos 11 jogos que disputou. No último mês, desistiu antes de enfrentar Maria Sharapova nas oitavas de Roland Garros por sentir dores na região do peito.

Em Wimbledon, a americana, atual número 181 do ranking, vive seu melhor momento desde a volta e mostrou evolução na parte física e no ritmo de jogo em comparação às atuações anteriores. Ela ganhou seus quatro jogos sem perder sets.

É verdade que a ex-número um do mundo -que já garantiu ao menos o retorno ao top 100- ainda não teve um grande desafio, e há grandes chances de isso não acontecer até a decisão, marcada para sábado (14).

Cibulkova, Ostapenko, Kerber ou Kasatkina será a outra finalista, aí sim num provável duelo mais interessante.

No ano em que as dez primeiras cabeças de chave foram eliminadas antes das quartas de final de Wimbledon, uma velha conhecida do torneio credencia-se novamente como favorita ao título. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade