Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Real agiu por interesse próprio ao anunciar técnico da seleção, diz cartola

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Quinta, 14/6/2018 10:13.

(UOL/FOLHAPRESS)

O presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol), Luis Rubiales, afirmou, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (14), que o Real Madrid pensou apenas nos próprios interesses ao contratar o treinador Julen Lopetegui.

O técnico, que comandaria a Espanha na Copa do Mundo, foi demitido do cargo na quarta (13), a dois dias da estreia. Ele foi anunciado como o novo treinador do clube merengue para depois do Mundial, apesar de ainda ter contrato com a seleção do seu país até 2020.

"O Real Madrid estava pensando nos seus próprios interesses", afirmou Rubiales, que disse ter sido informado sobre a contratação do treinador minutos antes do anúncio oficial pela equipe madridista.

"Cinco ou dez minutos antes do comunicado me chamou o Real Madrid. Antes, ninguém havia me falado nada. Nada. Zero. Pedi a eles [Florentino Perez, presidente do clube merengue, e Lopetegui] para não fazerem isso, mas eles fizeram o anúncio", relatou o presidente RFEF.

O dirigente da seleção disse que não se desentendeu com os representantes do clube merengue, mas que precisava tomar uma atitude a respeito da contratação do técnico. Ele afirmou que ouviu de todos que deveria antes de demitir o treinador.

"A informação, a transparência, a instituição por cima de tudo. Não podemos permitir que nenhum empregado dite como se fazem as coisas na federação", declarou Rubiales.

O presidente da RFEF ainda afirmou que sua decisão foi bem recebida pelo elenco da Espanha, sobretudo pelo técnico substituto, o ex-zagueiro Fernando Hierro. "Ele me assegurou que [os jogadores] vão até a morte", concluiu.

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Justiça

Multa diária pelo descumprimento é R$ 10 mil 


Eleições

Condenado por corrupção e lavagem em decisão colegiada ele é inelegível  


Esportes

“Ele é um furacão”, diz seu treinador  


Entrevista

Ele aceitou ser "cobaia" dos jornalistas


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade