Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Dentro de um mês veleiros da Volvo começam a chegar a Itajaí

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Divulgação

Terça, 6/3/2018 9:49.

Os sete barcos que disputam a Volvo Ocean Race sairão de Auckland, Nova Zelândia, dia 18 de março com destino a Itajaí quando começarão a chegar, se confirmadas as previsões, em 8 de abril, após percorrerem 14.000 Km (7.600 milhas náuticas).

Mais uma vez os moradores de Balneário Camboriú conseguirão visualizar o desfile de veleiros ao largo da praia central, porque eles virão do Sul, mas antes de chegar nessas águas calmas o verdadeiro inferno está reservado aos barcos e tripulações.

Essa perna da Auckland a Itajaí é a mais longa e dura da regata de volta ao mundo. Eles aproam para o Sul e depois para Leste em busca das ventanias. No caminho enfrentam frio intenso, icebergs, ondas gigantescas e a lendária passagem do Cabo Horn, em águas chilenas, um cemitério de navios.

É uma etapa tão desgastante que a pontuação vale em dobro e o primeiro barco a contornar o Cabo Horn recebe um ponto de bonificação e um registro na história.

Faltando cinco das 11 etapas da regata de volta ao mundo, não existe vencedor ou barco sem chances, todos podem vencer.

Vila da Regata abre dia 5

A Vila da Regata em Itajaí será aberta dia 5 de abril, para receber pela terceira vez o circo da Volvo Ocean Race.

Segundo os organizadores, o material acondicionado em 129 containers está vindo de navio e chegará à vizinha cidade no próximo dia 12.

São duas semanas (os barcos partem em 24 de abril para os Estados Unidos) de festa em Itajaí atraindo visitantes do Brasil todo, além dos estrangeiros que trabalham em torno da regata ou são aficionados da vela.

Sistema de pontuação

As etapas da Cidade do Cabo a Melbourne e de Auckland a Itajaí valem em dobro.

O vencedor de cada etapa ganha 8 pontos; o segundo colocado 6; o terceiro 5 etc.

O barco que dobrar em primeiro o Cabo Horn ganhará um ponto.

Ganhará um ponto o barco que tiver a menor soma total de tempo de todas as etapas.

Pontuação atual

Mapfre - 39
Dongfeng – 34
Sun Hung Kai - 26
Vestas 11th – 23
Akzonobel - 23
Brunel - 20
Turn the Tide on Plastic - 12

Os barcos

Os barcos Volvo Ocean 65 são todos iguais, o que faz a diferença são as equipes, por isso os promotores dizem que a regata é ganha na água, não nas pranchetas dos desenhistas.

Existem desses barcos, usados, à venda por cerca de um milhão de dólares a um milhão de euros, como o anunciado mais abaixo.

Características principais 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade