Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

PR "velho" puxa a orelha do PR Jovem em episódio sobre 8ª Promotoria

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Quarta, 25/4/2018 15:11.

O Partido da República de Balneário Camboriú emitiu uma nota na tarde de hoje, reagindo à nota publicada pela ala jovem do partido ontem à noite, sobre a posição da titular da 8ª Promotoria, que recomendou ao prefeito que a Guarda Municipal mude sua forma de atuar.

Leia na íntegra:

NOTA DO PARTIDO DA REPÚBLICA DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ-SC

A Executiva do Partido da República de Balneário Camboriú, vem por meio desta, esclarecer o posicionamento do Partido referente a Nota emitida por seu movimento Jovem e sobre a recomendação dada pela Promotora da 8a Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú, a Senhora Daianny Cristina Silva Azevedo Pereira, ao Prefeito Municipal Fabrício Oliveira, quanto ao papel que a Guarda Municipal deve realizar.

1 - Respeitamos e enaltecemos o trabalho do Ministério Público de Santa Catarina, na defesa dos interesses do povo Catarinense, aplaudindo os trabalhos e os serviços prestados ao longo dos anos;

2 - Com relação à Recomendação emitida para que o Prefeito Municipal Fabrício Oliveira, reoriente a atuação da Guarda Municipal, respeitamos mas não concordamos. Tal medida até poderia ser adotada, caso a Polícia Militar (Instituição Valorosa, que realiza um grande trabalho em nosso Município) possuísse efetivo suficiente para atender nossa população fixa e flutuante, coisa que todos sabemos, não possui hoje em dia, sendo necessária a participação da Guarda Municipal, como hoje acontece;

3 - Com relação ao nosso movimento Jovem, é um importante movimento dentro do partido, que possui autonomia e executiva própria, que auxilia na construção partidária e realiza relevante trabalho dentro da Instituição, mas que mesmo autônomo, deve prestar contas com a Executiva do Partido. Na noite de ontem, sem consultar a Executiva, o movimento Jovem emitiu uma nota, onde além de expressar seu posicionamento, acabou ofendendo e atacando uma Instituição (MP). Como também já fomos jovens, sabemos do ímpeto de mudança e transformação que possuem, e sabemos que foi este ímpeto, que os levaram a cometer o erro, mas sabemos também, que somente errando é que se aprende, e este episódio fará parte do aprendizado político;

4- Sendo assim, solicitamos que o Movimento Jovem refaça a nota, deixando claro sua posição, mas sem ofender pessoas e principalmente Instituições, porque acreditamos que somente assim, contribuiremos com a construção de um processo político melhor, dentro dos princípios que nós, Republicanos, defendemos.

Carlos Humberto Metzner Silva
Presidente da Executiva do Partido da República BC.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Policia

Conheça o passo a passo das investigações da DIC e GAECO


Cidade

Hoje faz cinco anos desde o primeiro ato público em Balneário Camboriú


Cidade

Morto no sábado ele foi uma lenda no futebol catarinense  


Cidade

Jornal Página 3 prepara material especial para a data


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade