Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Novo Dia D para vacinar contra a gripe será neste sábado

Publicidade

Publicidade

Publicidade

EBC.

Quinta, 7/6/2018 7:50.

Um novo Dia D para vacinar contra a gripe está programado para sábado em todo o país. Isto porque a greve dos caminhoneiros prolongou a campanha por mais uma semana e porque a adesão de alguns grupos prioritários continua abaixo do esperado, principalmente as crianças (de seis meses a cinco anos).

Em Balneário Camboriú, a secretaria da Saúde aplicou até agora 25.109 doses, 80.03% da meta que é imunizar 25.127 pessoas.

A cobertura das crianças no entanto está bem abaixo. Até agora apenas 40% das 5.976 doses previstas.

A secretária da Saúde Andressa Hadad disse que somente 2.449 crianças foram imunizadas e há uma forte expectativa que esse número melhore no Dia D.

“Todas as nossas unidades estarão atendendo das 8h às 17h e ainda assim faremos busca ativa para aumentar a adesão. Nossas equipes estarão indo às casas das famílias que têm crianças para aplicar a dose. Tivemos uma participação muito positiva dos idosos, dos profissionais de saúde, mas infelizmente o mais baixo é o das crianças”, disse Andressa.

O infectologista Pablo Sebastian Velho explicou que é muito importante que os pais aproveitem a oportunidade desse novo Dia Nacional de Imunização que será neste sábado, para vacinar o maior número possível de crianças que estejam contempladas nos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

“A única exceção são as crianças que tem alergia grave ao ovo, mas como isso é bastante raro, esperamos vacinar um grande número”, recomendou Pablo.

Confusão entre gripe e resfriado

Na opinião do infectologista os pais ainda fazem uma certa confusão entre resfriado e gripe.

“Quando falamos da vacina contra Influenza não estamos falando do resfriado comum, aquele com rápida recuperação.

A gripe é uma doença que pode ser bastante traiçoeira. A síndrome gripal é caracterizada simplesmente pela febre e ocorrência de tosse e dor de garganta nas crianças. Mas a gente entende o quadro de gripe como além do aparecimento de uma febre, que normalmente é alta, com dor de garganta e tosse, com dores no corpo, dores musculares, dores nas articulações, pode acontecer dor abdominal e até vômitos ou diarreia”, detalhou Pablo.

Ele segue dizendo que este prejuízo trazido para o sistema imunológico por uma doença que é mais grave é que

facilita ocorrências das pneumonias, doenças bacterianas, que invadem esse sistema já debilitado e levam ao transtorno da capacidade respiratória.

“Esse transtorno levando a uma insuficiência respiratória pode levar à morte. Então as complicações relacionadas à gripe são muito sérias e não são banais e a única forma de prevenção a gripe é a vacina e quanto mais pessoas forem vacinadas, menor a circulação do vírus em ambientes. Essa diminuição da circulação em cascata também chamada de efeito dominó, faz com que tenhamos progressivamente cada vez menos casos de doença”, detalhou Pablo convidando as pais a levar seus filhos para vacinar. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Eleições

Com Lula, Bolsonaro empata e sem ele está disparado à frente 


Eleições

Em entrevista ao Página 3 ele conta que quer ser deputado do empreendedorismo


Justiça

Multa diária pelo descumprimento é R$ 10 mil 


Saúde

Destaque para o Dia D contra sarampo e polio  


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade