Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Veja como fica a situação dos hospitais e postos de saúde com a greve

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Divulgação PMBC

Segunda, 28/5/2018 15:15.

Segundo a Prefeitura de Balneário Camboriú, as Unidades Básicas e Especializadas de Saúde estão abertas nesta segunda-feira (28), e as consultas agendadas estão mantidas. Algumas situações pontuais foram registradas, devido a problemas de locomoção dos servidores.

A secretária Andressa Hadad explicou que sempre ao final do dia uma nova avaliação será feita. Os atendimentos no Hospital Ruth Cardoso seguem normalmente. Apenas a alimentação foi racionada. Agora estão sendo fornecidas refeições apenas para pacientes, funcionários e acompanhantes de pacientes crianças, o que reduziu de uma média de 900 refeições/dia para cerca de 225.

O PA da Barra está funcionando sem alterações, assim como o SAMU. Já as unidades básicas do Nova Esperança e Barra estão com a sala de vacina fechada pela falta de técnicos de enfermagem. Nas demais unidades a vacinação está acontecendo normalmente.

No Posto de Atenção Infantil (PAI) as consultas desta segunda-feira de otorrinolaringologia com a médica Katia Marques Caldeira foram canceladas e remarcadas para a próxima semana. As de cirurgia pediátrica com o médico José Alfonso Monestel Montoya desta segunda-feira também foram reagendadas e o PAI aguarda a confirmação do profissional para reagendar as consultas desta terça-feira (29) também.

Para causar menor impacto possível aos atendimentos, a Saúde está oferecendo transporte aos profissionais do setor. São 16 pontos de embarque e desembarque em Balneário, Camboriú e Itajaí.

Particulares

Camboriú

Os atendimentos nas Unidades de Saúde permanecem sem alterações na segunda-feira. O Pronto Atendimento do hospital – Rua José Francisco Bernardes, nº 787, no bairro Areias – funcionará 24 horas. A UPA do Taboleiro, na Rua Massaranduba, ficará aberta das 17 às 23 horas. O serviço de ambulância e o Samu também estarão em funcionamento, em caráter de plantão.

Marieta

Devido à greve dos caminhoneiros e a situação enfrentada no país na última semana, o fornecimento de insumos no Hospital Marieta segue afetado. A unidade hospitalar informou que instituiu um comitê de crises para prevenir o impacto ao atendimento.

Os serviços de urgência e emergência estão mantidos e funcionam normalmente, somente as cirurgias eletivas permanecem canceladas. A direção está constantemente em contato com a Defesa Civil para avaliar o impacto em fornecimento de insumos.

Nesta segunda-feira (28/5), uma escolta garantirá o recebimento de uma carga de gases GLP no Hospital Marieta. Com o apoio do Governo do Estado, a direção hospitalar traça estratégias para garantir os medicamentos, que devem faltar nos próximos dias, caso a situação não normalize.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade